Blog

            

Moradia no exterior: saiba qual opção combina mais com você

Um dos maiores dilemas dos estudantes quando estão organizando o intercâmbio é decidir pela acomodação, surgem muitas dúvidas e fica difícil decidir. Por isso fizemos este texto para explicar quais são as opções e assim você escolher aquela que combina mais com você.

Casa de Família

Conhecida como Homestay ou Host Family, a Casa de Família permite que o estudante tenha uma maior imersão na cultura local ao viver dentro da casa de uma família nativa. Você vai provar a comida local, saber como é o cotidiano de uma família estrangeira, ter novos pais e irmãos (caso o casal ou proprietário(a) tenha filhos). É uma ótima opção para quem vai realizar um curso de curta duração, porque a imersão ajuda o estudante a usar mais o novo idioma. Além disso, a família tem total preparo para receber estrangeiros, tendo paciência com aqueles que não dominam o idioma, dando dicas de onde ir, como se locomover com a cidade. Muitos são as histórias de estudantes que mantém contato com a família mesmo após retornar para casa. Outro ponto a se destacar é que normalmente esse tipo de acomodação conta com café da manhã e jantar, então você não vai precisar cozinhar e no almoço, por estar na rua (devido à escola), poderá comer fora. Há opções de quarto individual e compartilhado. No entanto, a Casa de Família não é indicada para quem que curtir muitas festas e não quer ter muitas regras. Há horário para chegar à noite (afinal você faz parte da família e da rotina de todos) e precisa seguir as normas da casa.

Acomodação estudantil

São apartamentos mobiliados que são gerenciados por uma escola ou instituição nos quais o intercambista compartilha o espaço com outros estudantes. Normalmente são formados por cozinha, sala, quartos, banheiro e varanda. Os intercambistas são responsáveis por prepararem suas refeições e a limpeza é feita por profissional contratado. Para facilitar a convivência, há regras que devem ser seguidas, mas que são mais flexíveis, como por exemplo, os horários de saída e chegada. Além de ter mais liberdade, a acomodação possibilita ao estudante conhecer outros intercambistas, o que é um ponto positivo. No entanto, em muitos casos, os colegas de apartamento podem ser da mesma nacionalidade, dificultando o aprendizado.

Hotel

Para quem quer mais comodidade e não se importa de gastar um pouco mais por isso, há opção de alugar um quarto de hotel. É uma alternativa que vale a pena somente em casos nos quais o período é curto, porque ao mesmo tempo que oferece comodidade e liberdade, tem um alto valor e não contribui para o convívio com outros estudantes e nativos.

Hostel

A opção mais barata, mas também a que menos oferece benefícios. É preciso dividir o quarto com um número maior de pessoas, assim como a cozinha e banheiros. Possui serviço de limpeza. Indicado apenas para curta duração, pois não oferece nenhum tipo de privacidade ao estudante.

Aluguel de apartamentos

As opções acima são indicadas para intercâmbios de curta duração e para as primeiras semanas no caso dos de longa duração. Depois de duas, quatro semanas, o mais indicado ao intercambista que vai passar um maior tempo é buscar uma vaga em um apartamento para dividir com outros estudantes. Você pode alugar um apartamento e procurar pessoas para compartilhar você, no entanto, será necessário que você pague o aluguel e o depósito (o mesmo valor do aluguel, que serve como garantia) sozinho. Se você procurar o imóvel com amigos que você fez nas primeiras semanas, vocês podem dividir os valores. Caso não queira se preocupar com contrato e encontrar as pessoas para dividir, você pode buscar vaga em apartamentos já alugados. Como o fluxo de estudantes é intenso, sempre há vagas sendo ofertadas. Você deve pesquisar bem a área, marcar uma visita para conhecer o imóvel e seus futuros colegas de apartamento. Em alguns lugares, os intercambistas gostam de entrevistar o “candidato” a morador para ver se ele se encaixa no perfil do grupo, o que previne futuros estresses. Tudo acertado entre as partes, o estudante paga o aluguel e o depósito e faz sua mudança. Quando vai ir embora ou quer sair do apartamento, deve anunciar a vaga e passa-la a outro estudante, de quem receberá de volta o depósito.

Alguns Destinos que Recomendamos

A conquista do seu intercâmbio está mais perto do que imagina


PERU

Lima


IRLANDA

Dublin, Cork, Limerick, Galway


AUSTRÁLIA

Sydney, Melbourne, Brisbane, Gold Coast, Canberra


FRANÇA

Paris, Nice, Montpellier


MALTA

Valletta, Sliema, Saint Julians, Mdina, Mosta, Rabat


INGLATERRA

Londres, Bristol, Manchester, Liverpool, Oxford


ÁFRICA DO SUL

CapeTown, Namibia


ESTADOS UNIDOS

Nova Iorque, Los Angeles, Chicago, San Diego, Miami

2016- Travel Around the World - TAW - All rights reserved.