Blog

            

Intercâmbio é uma ótima opção para casais nas férias

Cada vez mais casais tem trocado o turismo pelo intercâmbio nas férias. Além de sair em conta, a experiência permite que os casais conheçam novos lugares e culturas e ainda turbinem o currículo. É possível que um faça um curso de idioma e outro um curso mais técnico no período de quatro semanas (no caso de férias). Os dois podem selecionar a acomodação mais apropriada para seus estilos: casa de família, acomodação ou hotel. Nos horários livres, o casal poderá visitar os pontos turísticos da cidade onde residirão e nos finais de semana viajar para conhecer locais mais distantes.

Há também aqueles que encaram um intercâmbio mais longo juntos e o fazem com maior facilidade por terem um ao outro para se apoiar na aventura de aprender um novo idioma e viver em outra cultura. Isso porque um dos grandes receios de quem sonha em fazer intercâmbio é enfrentar sozinho o desafio da viagem. Imagine chegar ao aeroporto de outro país sem dominar bem a língua. Para muitos a cena é assustadora. Porém, tendo alguém ao seu lado, esse medo nem passa pela sua cabeça.

Outro ponto positivo do intercâmbio a dois é que a experiência no exterior aproxima ainda mais o casal, que passa se conhecer melhor, aprende a se apoiar nos momentos difíceis e amadurecem juntos. Se você ficar com saudade da família terá um abraço amigo para se consolar, se você estiver assustado com tanta novidade terá alguém para te ouvir.

Uma grande vantagem de fazer intercâmbio em casal é não precisar dividir quarto com estranhos. Se você vai sozinho, ficar num quarto só para você pode custar caro e você se vê obrigado a dividir o espaço com alguém que você conheceu há pouco. Viajando com o companheiro ou companheira, você já tem alguém para dividir os custos do quarto e alguém que você conhece muito bem. Estando em casal, você também economiza, ao dividir os gastos e principalmente ao cozinhar juntos.

As desvantagens podem ser a dificuldade de morar juntos (para quem ainda não tem essa experiência) e a de se relacionar com outras pessoas por viverem o momento apenas a dois. Ambas as desvantagens tem soluções. Para a primeira, é preciso que o casal aprenda a lidar com suas diferenças e enfrente a situação com paciência e muito amor, afinal uma hora esse momento de dividir o mesmo teto iria chegar.  Já a falta de interação com outras pessoas pode ser evitada com a conscientização do casal da razão de estarem realizando tal viagem e o que esperam ao final dela. Tem de ficar claro para os dois que sem novas amizades e contatos com os nativos e estrangeiros os dois não vão evoluir nos seus aprendizados e o objetivo não será alcançado. Com isso em mente, nada atrapalhará a experiência do casal.

 

Alguns Destinos que Recomendamos

A conquista do seu intercâmbio está mais perto do que imagina


EQUADOR

Quito


IRLANDA

Dublin, Cork, Limerick, Galway


PERU

Lima


ESPANHA

Madrid, Barcelona, Valencia, Tenerife, Cadiz, Sevilla


ESTADOS UNIDOS

Nova Iorque, Los Angeles, Chicago, San Diego, Miami


ÁFRICA DO SUL

CapeTown, Namibia


ALEMANHA

Munich, Berlim, Frankfurt, Dusseldorf


CHINA

Pequim

2016- Travel Around the World - TAW - All rights reserved.