Blog

            

Como fotografar melhor suas viagens

Como fotografar melhor suas viagens

Viajar é uma delícia, porque a gente conhece novas culturas, experimenta outras gastronomias e visita locais com os quais sempre sonhou. Nada mais gostoso que voltar com registros incríveis de toda essa experiência para poder rever quando quiser e matar a saudade dos lugares e histórias. Para ajudar você a fotografar melhor suas viagens, fizemos uma lista com 10 dicas que vão transformar suas fotografias.

  1. Conheça sua câmera/celular

Não adianta ter uma câmera cheia de recursos se você não sabe usá-los, o mesmo vale para quem usa a câmera fotográfica do celular. O primeiro passo é descobrir todas as possibilidades da sua câmera ou aparelho. Leia o manual, assista vídeos no Youtube, vale tudo para potencializar suas fotos! Aí você vai para segunda dica que é...

  1. Treine antes da viagem

Sabendo quais os recursos, coloque-os em prática. Nada de descobrir na frente da Torre Eiffel como acionar o modo selfie, você precisa chegar na sua viagem dominando sua câmera ou celular. Aproveite o tempo livre e faça mil poses para decidir em quais você fica melhor.

  1. Procure um ângulo diferente

Um dos segredos para você fazer AQUELA foto é pensar na composição dela. Composição? Isso mesmo, a maneira como vai organizar a foto: o que vai estar em destaque, o que está no fundo, qual o ângulo. Muitas vezes a gente só presta atenção no que está bem em frente e esquece de cuidar do restante. Resultado: aparece uma árvore saindo de dentro de nossas cabeças, o pedaço de um monumento que não faz nenhum sentido. É preciso observar o todo! E para alcançar um ângulo diferente vale quase tudo: subir em um banco, se abaixar, deitar na grama. Só não vale colocar sua vida em risco!

  1. Não centralize a foto

Uma pequena mudança pode fazer toda diferença na sua foto. Basta movimentar a câmera só um pouquinho para o lado. A gente tem uma tendência a centralizar: sejam pessoas, prédios, monumentos, etc.  O pessoal da Fotografia já resolveu essa pra gente ao criar a regra dos terços. Basta você imaginar a tela divida como um “jogo da velha”. O ponto onde as linhas se cruzam são as áreas de maior impacto visual. Logo, enquadre as pessoas ou objetos seguindo esses pontos e pronto, você terá uma foto incrível!

  1. Aproveite a luz natural

Quer deixar as suas fotos lindas? Use e abuse da luz natural! A luz do sol é ótima para fotografias. Só evite a luz do meio dia, porque ela é uma luz muito direta, que chamamos de luz dura. Como ela é muito direta, gera sombras não muito bacanas, principalmente no rosto. Se for fotografar nesse horário, aproveite a passagem de nuvens, que funcionam como grandes difusores e tornam a luz mais suave.

  1. Se programe para usar a hora dourada

Sabe aquelas fotos que você olha e fica com o queixo caído? Que tem uma luz dourada sobre a paisagem? Ela é feita no nascer e no pôr-do-sol. Nesses dois momentos, a posição do sol faz com que a iluminação seja mais suave e com tons diferenciados. Mas é preciso ser ágil! Em ambos horários, a iluminação muda muito rápido. Uma das vantagens de fotografar monumentos no nascer do sol é ter menos concorrência, uma vez que, o número de turistas é menor.

  1. Evite o flash (se possível)

Com toda essa luz natural, evite o flash. A luz do flash é muito forte e de cor diferente a do ambiente, fazendo com que a imagem fique “chapada”, esbranquiçada e sem profundidade. Se precisa de uma iluminação extra para um local mais escuro ou para suavizar sombras, use a lanterna do celular numa boa distância. Claro que, não tendo outra solução, use o flash, só não deixe de fotografar os momentos especiais de sua viagem.

  1. Fuja dos papagaios de pirata

Você fez a pose perfeita, num ângulo diferente, a luz estava ótima e... uma pessoa desconhecida invadiu a foto e roubou toda atenção pra si! Acontece. Melhor, acontece muito. Principalmente em pontos turísticos lotados. São os chamados “papagaio de pirata”. Para evitar isso, é preciso atenção: cuidar no que aparece ao fundo e muita paciência. Ás vezes é melhor esperar um pouquinho, deixar as pessoas darem uma circulada e então fazer o clique.

  1. O zoom deve ser evitado

Se sua câmera for daquelas que a lente “sai para frente”, pule para próxima dica. Se não, preste atenção! A função zoom de câmeras compactas e celulares pode gerar imagens com baixa resolução e aumentam as chances de fotos tremidas. Melhor você recortar a foto depois ou se aproximar fisicamente do que quer registrar.

  1. Tire mais de uma foto

Nada de poupar cliques! Afinal, não é todo dia que você vai estar em frente ao Coliseu ou a Estátua da Liberdade. Tire muitas fotos e vá conferindo o resultado. Assim você saberá o que melhorar para chegar até a foto perfeita. Compre também um cartão extra ou faça aquela limpa no seu celular! Deixe um bom espaço para suas fotos! E se possível, descarregue as imagens num computador todos os dias, para liberar espaço para as fotos do dia seguinte. Para se garantir, sempre salve tudo numa nuvem. Todo cuidado é pouco para não perder as fotos.

Seguindo essas dicas, com certeza você vai voltar com muitos registros incríveis de suas viagens. Só não se esqueça de aproveitar os lugares, conhecer novas pessoas e se divertir entre uma foto e outra!

Alguns Destinos que Recomendamos

A conquista do seu intercâmbio está mais perto do que imagina


IRLANDA

Dublin, Cork, Limerick, Galway


AUSTRÁLIA

Sydney, Melbourne, Brisbane, Gold Coast, Canberra


COSTA RICA

San José


ÁFRICA DO SUL

CapeTown, Namibia


ALEMANHA

Munich, Berlim, Frankfurt, Dusseldorf


CHINA

Pequim


ITÁLIA

Roma, Milão, Florença, Siena, Calábria


PERU

Lima

2016- Travel Around the World - TAW - All rights reserved.